Como seguir transação de Bitcoins

Todos os movimentos transacções de Bitcoins são registados numa lista pública em que ficam armazenados e com acesso público várias informações relativas a cada transacção, entre as informações de cada transacção que são públicas as de maior interesse, caso estejam a seguir ou investigar alguma transacção, são a carteira de origem e a carteira de destino, o valor, a data e hora  e o endereço de IP que efectuou essa transacção… existem ainda outras informações relativas ao tamanho, taxa por byte etc…

As transacções são armazenas em conjuntos chamados Blocos, também um bloco contém várias informações como o número de transacções que contém, o valor total das transacções, taxas, data e hora, as assinaturas de validação etc.

Os blocos são armazenados de forma distribuída ou seja qualquer pessoa pode ter a sua cópia da “base de dados”, geralmente chama-se a esta base de dados Public Ledger…

Há um site onde de forma simples conseguimos seguir o rasto de qualquer carteira de bitcoin ou de qualquer bloco armazenado na rede bitcoin https://blockchain.info basta aceder a este site e aí pesquisar a informação pretendida o BlockChain.info é também interessante para perceber a “mecânica”  das transacções de bitcoin.

Criar carteira de Bitcoins

Uma carteira (Wallet) de Bitcoins é um endereço onde estão armazenadas as nossas Bitcoins algo do género 1GzU9WJ6qHW8yvzJSkBBekykCRCaspXvMx com este endereço podemos receber Bitcoins independentemente da proveniência qualquer carteira pode transferir para qualquer endereço. Por isso o local onde a temos é irrelevante.

A forma mais simples de ter um endereço (carteira ou wallet) para guardar Bitcoins é criar uma conta num exchange geralmente eles criam automaticamente um endereço (gratuitamente) para poder mos comprar e vender bitcoins.
Por exemplo no CoinBase para ver o endereço da nossa carteira basta ir a “Contas” e depois “Obter Endereço Bitcoin”.

No Cex.io o processo é igualmente simples basta ir ao separador “Finance” e clicar em “Deposit BTC” o endereço que vai aparecer para envio é o endereço da vossa carteira no Cex.io.

No site oficial do Bitcoin é possível consultar uma lista com vários fornecedores de carteiras para BTC (clique ver lista).

Por questões de segurança é aconselhado a quem faz grandes investimentos e de longo prazo que guarde as suas BTC’s numa carteira de Hardware, que é um dispositivo onde está guardada a nossa chave privada e sem a qual não é possível validar movimentos com o nosso endereço de Bitcoin.

Exemplo de carteira de Hardware:

Bitcoin Brasil

A Câmara dos Deputados começou no inicio do mês  uma comissão especial para regular a compra e venda de Bitcoins no Brasil, os trabalhos serão comandados pelo deputado Alexandre Valle (PR-RJ), enquanto Expedito Netto (PSD-RO) será o relator do colegiado.

Até agora ainda não está previsto em qualquer lei como taxar o comércio de Bitcoins ou de outras criptomoedas, resta esperar… 
Serão ouvidos vários intervenientes para perceber o que se pode fazer para tributar o comércio de Bitcoins entre os quais estão o Banco Central e a Receita Federal.
A valorização exponencial e os mercados paralelos e fuga fiscal são alguns dos pontos que preocupam mais os políticos!
Como sempre é esperar que saia alguma coisa…

Bitcoin Portugal

Em Portugal ainda não existe legislação quanto à compra de Bitcoins ou outra qualquer criptomoeda, por isso investir em Bitcoins em Portugal pode trazer um risco extra… que é aquando da venda justificar e declarar os ganhos

São poucos ou nenhuns os países que tem leis quanto à compra e venda de Bitcoins e criptomoedas, é um mercado recente com um boom nos últimos meses e as leis não acompanharam esse boom.

O Jornal de Negócios publicou recentemente um artigo sobre a resposta obtida junto da Autoridade Tributária sobre a compra e venda de criptomoedas, da leitura deste artigo concluo que mesmo a Autoridade Tributária anda meio “perdida” com este assunto.

Citação Jornal de Negócios:

O ministério das Finanças esclarece que os contribuintes que trabalhem com bitcoins têm que pagar impostos se, “pela sua habitualidade, constituir uma actividade profissional ou empresarial”. Esta resposta demorou quase dois meses a chegar e põe fim a uma contradição dentro da própria máquina fiscal.
Em Abril, fizemos a pergunta: As bitcoins pagam impostos? A pergunta é simples e directa, mas a resposta parece não ser fácil. Por escrito a Autoridade Tributária defende que sim, que a negociação de bitcoins tem que ser tributada. Por telefone, na linha das Finanças, o Fisco garante que não, que a moeda virtual está isenta de pagar impostos, em qualquer circunstância.
A resposta do ministério demorou a chegar, mas é peremptória, no caso já referido tem de pagar impostos, mas “a venda de bitcoins não é tributável em IRS face ao ordenamento fiscal português, designadamente no âmbito da categoria E (capitais) ou G (mais-valias)”.

Artigo completo no Jornal de Negócios 

 

Como minar BitCoins ou Ethereum

Devido ao crescimento exponencial do mercado das criptomoedas a dificuldade de “ganhar” Bitcoins ethereum ou outra qualquer moeda através do mining é muito difícil.

No entanto pode-se juntar a uma pool (conjunto de “mineiros”) em que cada um contribui o máximo possível e o trabalho de cada um é recompensado. Convém ter uma computador de características razoáveis e o mais importante um bom GPU (placa gráfica!).

A pool que recomendo e segundo os fóruns continua a ser rentável é a MinerGate,  o programa do Minergate usa um método para calcular para cada utilizador qual a moeda mais rentável a “minerar” naquele momento, usando o MinerGate basta apenas instalar o programa e configurar os dados de acesso que são os mesmos que usamos no site. A partir daí o programa vai trabalhar para nós.

Para registar no MinerGate e começar já a ganhar Bitcoin ou ethereum ou qualquer uma das outras criptomoedas disponíveis basta clicar neste link e seguir os passos.