Descompilar código .net (.net Refletor)

screenshot_full_screen

Uma das coisas que sempre me assustou no .net é a facilidade com que se consegue chegar ao código original de um executável ou libraria baseada na framework.

Existe uma serie de ferramentas que permitem de uma forma fácil, rápida e simples ver o código de uma aplicação .net.

Dessas ferramentas destaco uma que creio ser a mais popular que é o .NET Reflector da Redgate, para aceder ao código de uma aplicação basta clicar no botão browse e seleccionar a assembly que queremos ver o código e com o botão direito fazer disassemble. Claro que não incentivo ninguém a andar a esmiuçar o código de aplicações de terceiros. Eu uso frequentemente esta ferramenta para estudar o código das librarias da própia framework e ver como é que os senhores da Microsoft implementam certas funcionalidades e obter algumas luzes das melhores práticas a vários niveis na programação em “cima” da framework.

Rentabilizar um blog!!

Tenho feito alguns testes ultimamente numa área que não é a minha, hoje vou apresentar conclusões sobre o Google adsense, é muito importante ler todas as regras e assimilar as mesmas para não se cometer erros na utilização do adsense porque isso pode significar a expulsão do “programa”…

Quando já percebemos bem as regras do “jogo” há pequenos pormenores que podem influenciar o desempenho do incoming gerado pela publicidade de vários testes que efectuei o que apresentou resultados mais significativos foi sem dúvida o posicionamento dos anúncios e o enquadramento dos mesmos no site… cada site é um caso singular mas um estudo exaustivo com muitos falhanços pode conduzir ao sucesso e consecutivo aumento do dinheiro gerado… é contra as regras do adsense induzir o utilizador a clicar na publicidade quer por incentivo directo quer por criar a impressão que os anúncios fazem parte do conteúdo do site, logo o adsense tem que ser identificável, mas pode perfeitamente estar próximo de conteúdos de forma a “obrigar” o leitor a ler a publicidade e consequentemente a aumentar as hipóteses de a mesma interessar ao leitor e consequentemente gerar um clique, uma das formas de estudar o local mais apropriado para a colocação de publicidade é usando os critérios do adsense, utilizando os critérios é facilmente identificada a área do site onde é mais atractiva ao clique, e eliminar publicidade de locais onde o incoming gerado é nulo ou abaixo das expectativas.

Não existe nenhuma formula que permita dizer que se o layout for x a melhor posição do adsense é y, mas a pessoa que coloca a publicidade têm que ter em conta por exemplo que se a publicidade estiver a seguir de um post as hipóteses de atrair o cibernauta do que estando numa sidebar que o utilizador nem presta atenção, isto tendo em conta que quem cria uma campanha tenta sempre chamar a atenção para o seu produto e estuda quais os melhores locais para integrar a mesma, se o anunciante souber que o publico alvo da campanha é o mesmo publico que frequenta o site x vai apostar nesse site, e se o dono do site x colocar a publicidade num local atractivo á vista a campanha trará resultados para ambos os lados o anunciante porque atingiu o seu publico alvo e o dono do site porque gerou receitas…

Mais uma lembro que é MUITO importante ler as regras já encontrei sites com mais de 10 blocos de anúncios muito mais do que permitido, se o Google Adsense tem regras elas têm que ser aceites por quem o usa, caso contrário não se não aceitam as regras ou querem quebrar alguma não usem este programa porque não vão ter receitas e no futuro ficarão impedidos de usar o adsense… existem casos que alguém foi expulso do Adsense por publicar publicidade num site onde outra conta de adsense tinha violado as regras…

Para além do numero de blocos outra das regras de ouro é nunca clicar na publicidade do site onde têm a publicidade associada á vossa conta!

Num artigo anterior falei em SEO e em utilização de url google friendly, esses url’s também alteram influenciam os anúncios apresentados, pelo que pude constatar tanto ou mais do que o conteúdo da página…

Não tentem atrair tráfico massivo ou “forçado” para o vosso site, porque esse tráfico “forçado” não estará interessado nem nos vossos artigos nem muito menos em publicidade relacionada mais vale ter menos visitas mas que cada visitante procure a informação que disponibilizam assim seguirá com atenção o conteúdo provavelmente voltará e a publicidade relacionada com o conteúdo interessará ao visitante e como tal e sendo do interesse do mesmo gerará cliques!!!

Lista de parametros do Linux

Para memória futura guardo neste post um documento com os parametros do Linux, não vou referir a fonte porque tinha isto num txt no ambiente de trabalho e não me recordo de onde retirei! O documento data de 2003 mas os parametros que procurava já estavam contemplados por isso serviu-me perfeitamente! Continuar a ler Lista de parametros do Linux

Instalar Ubuntu em discos SCSI numa adaptec aic-7899

Após uma horas a partir pedra por o Ubuntu não detectar os discos onde queria instalar, não sei se pelos discos ou pela controladora SCSI (adaptec aic-7899), um dos erros que o UBUNTU mostrava era “/bin/sh can’t access tty job control turned off ubuntu”, após varias tentativas frustadas tentei o seguinte no Splash de arranque do CD do UBUNTU fiz F6 e acrescentei “all_generic_ide” imediatamente antes de “quiet splash ““-” com isto o Live CD arrancou. Mas com a imagem toda distorcida, foi só reiniciar o bixo voltar a escrever o mesmo e arrancar com a opção 2 (“safe mode”)… já arrancou com imagem a funcionar… fiz Install e instalou correctamente!!
Reiniciei o computador arrancou corretamente, até agora ainda não falhou e se falhar não vai ser o sistema operativo!

Algumas conclusões sobre SEO…

SEO do inglês Search Engine Optimization que em Português significa Optimizição para Motores de Busca, é já considerado por muitos uma ciencia e uma fonte de rendimentos de muitas empresas, tendo em conta o significado que assumiu resolvi dar uma vista de olhos e fazer umas experiencias e obtive resultados interessantes…

Alguns dos pontos chaves de um site para estar optimizado para os motores de busca são:
– O titulo da página
– A composição do endereço
– A correcta utilização das tags html

Com as experiencias que fiz estes pareceram-me de facto os aspectos mais importantes, e passo a explicar porque:
– O Titulo da pagina
Desde o inicio que neste blog nunca apareceu o meu nome no titulo, e já com o actual PageRank no google se procurasse “Antonio Campos” o primeiro resultado a apontar para este blog remetia para a segunda página ou fim da primeira, coloquei o nome “Antonio Campos” no titulo da página passado 3 ou 4 dias ao pesquisar no Google era o primeiro resultado, tanto no Google.pt como no Google.com. Isto não significa que por ter um determinado texto no titulo que vai aparecer em primeiro no Google significa sim que contribui para subir uns lugares na relevancia que tem para a pesquisa em causa. Se por exemplo colocar um titulo elucidativo num artigo e fizer com esse titulo seja também o titulo da página irá contribuir para um melhor posicionamento no Google.

-A Composição do endereço (Url)
Fiz a seguinte experiencia fiz 2 posts iguais em 2 blogs distintintos um neste ou outro num blog com PageRank 0, a diferença é que este blog tem um url do genero “/?p=xxx” e o outro tem um url “/categoria/titulo-do-artigo”, como o blog de PageRank 0 demora mais a ser indexado pelo Google esperei até que estivessem os 2 indexados e fiz a pesquisa pelo titulo do artigo, apesar de este blog ter PageRank 3 e o outro ter 0 o outro aparecia em primeiro do Google.pt/com e este blog só aparecia ao fundo da primeira página, isto demonstra o quão importante é a construção do URL.

– A correcta Utilização das tags HTML
Esta conclusão não é fácil de se testar, pelo que sei os Crawlers dos motores de busca são programas que analisam a source dos sites e com base nisso controiem os rankings, ora se eles analisam o código para o Crawler é igual eu ter < p> Texto < /p> e depois no CSS dizer que o p tem um tamanh de 100 px ou não ter nada! Mas em vez se eu tiver < h1> Texto < /h1> para o motor de busca é mais fácil saber que é um texto escrito num tamanho grande logo deverá ser mais importante e consequentemente irá ter mais relevancia nas pesquisas.

Além do referido existe também as Hot Keywords que são as palavras chaves que naquele momento estão na “moda” por exemplo uma das palavras chaves foi “José Mourinho” porque era o assunto do momento, neste caso e para utilizar isto já convém ter algum PageRank para a periocidade das indexações ser menor e logo ficar mais rapidamente exposto… depois existem também as keyWords Clássicas gajas, hi5, mulheres nuas, ganhar dinheiro, euromilhões, piropos, etc etc etc que são palavras chave que todos os dias aparecem nos rankings de pesquisas apesar de nem sempre nos primeiros lugares creio que o segmento de palavras que referi estão sempre presentes nos rankings mais ou menos destacadas, enquanto que as Hot Keywords estão visiveis durante um espaço de tempo mais curto.

Fiz outros testes mas não obtive resultados e como tal não os irei partilhar!!