Visual Studio Community 2013

Ontem a Microsoft anunciou uma nova versão do Visual Studio 2013, a versão Community, a principal novidade desta versão é o fato de ser completamente gratuita.

Esta versão do Visual Studio têm com publico alvo programadores independentes, pequenas equipas de desenvolvimento, contribuidores de projetos open source e estudantes… que agora podem usar, o que na minha opinião é, o mais poderoso IDE de programação. Ao contrário de um mito que já se arrasta das versões Express do Visual Studio, as aplicações criadas tanto no VS express como nesta nova versão, podem ser comercializadas.

Embora ainda não tenha testado segundo o site oficial esta versão gratuita tem todas as funcionalidades da versão Professional.

Paralelamente a este anuncio foram feitos outros que mostram claramente a mudança de rumo da Microsoft, e que finalmente a Microsoft deixou de ignorar o mercado!! E que talvez seja desta que quebra algo que sempre me irritou profundamente que era a Microsoft ignorar por completo a evolução e querer definir a evolução com os seus própios standards!!

Quanto a mim creio que o presidente Satya Nadella está a devolver ou conquistar a confiança que a Microsoft precisa, num mercado onde o importante é o amanhã!

Download Gratuido do Visual Studio

Burlas no OLX

Embora não seja um utilizador assíduo do site de classificados OLX, tenho tido conhecimento de diversas burlas feitas através de anúncios colocados no OLX. Não podemos culpabilizar o OLX no entanto se houvesse um sistema de feedback semelhante ao que existe no Ebay muito provavelmente algumas das burlas seriam evitadas!!

A burla que oiço com mais frequência é a de “vendedores” que colocam anúncios de produtos e que quando “vendem” limitam-se a receber o dinheiro e cortar o contacto com o comprador sem nunca entregar o objecto da venda, creio que,estes vendedores, não sejam apanhados por medo dos compradores enganados ou pelos baixos valores das transacções , porque em alguns casos o pagamento é feito por transferência bancária em que o “Vendedor” faculta o seu NIB e sendo o NIB um identificador da conta facilemente uma autoridade “chega” ao seu titular, desconheço a lei e não sei se podemos apresentar queixa de burla nestes casos. O facto de termos facultado ao “Vendedor” os nosso dados pessoais também pode ser um factor de medo!!! Os valores envolvidos são muitas vezes baixos, talvez já com intuito de dissuadir o burlado de apresentar queixa e ter as “dores de cabeça” resultantes de todo o processo.

Outra burla que já me relataram várias vezes é de um “comprador” interessado nos produtos que estão à venda, mas que infelizmente está em Inglaterra ou a mudar-se para lá e quer fazer o pagamento por Paypal!! No entanto o “comprador” como não quer prejudicar o vendedor oferece-se para suportar os custos de transporte e inclusive para pagar mais do que o valor pedido no anuncio para compensar a maçada e as taxas do Paypal!! O contacto é feito tanto por telefone como por email e tudo é muito verosímil, não tive acesso a nenhuma destas “conversas” mas nos relatos que ouvi é tudo muito convincente e o “comprador” parece ser muito honesto. Tudo corre muito bem até ao dia acordado para o levantamento pela transportadora dos bens em causa, nesse dia o vendedor recebe uma chamada de um alegado “transportador” que diz que o pagamento do transporte terá que ser feito antecipadamente, quando o vendedor contacta o “comprador” o mesmo diz-lhe para efectuar o pagamento do transporte que ele já está a tratar do pagamento dos bens!! E aqui é que está a burla o pagamento do transporte terá que ser feito através da Western Union, que os mais incautos poderão achar normal visto ser um nome Inglês o burlão ter dito que está em Inglaterra. A Western Union é um sistema de envio de remessas de dinheiro que permite ao burlão levantar o dinheiro sem ser identificado e sem deixar rasto.

Estas são as burlas que tive conhecimento no entanto não duvido que existam muitas mais…  o OLX não se responsabiliza por estas situações (nem pode!!!) e dá concelhos de como evitar algumas das burlas conhecidas, referi o site OLX a titulo de exemplo e porque as situações que me reportaram foram iniciadas em contactos através do OLX no entanto não duvido que os burlões também sejam  trabalhadores que infestem também outros sites semelhantes e concorrentes com esquemas iguais ou parecidos!!

O jornalismo Português

Geralmente não expresso a minha opinião publicamente sobre alguns temas, um deles é que vou abordar a seguir, não resisti!!

O jornalismo em Portugal há muito tempo que deixa a desejar, os jornais televisivos são tendenciosos e parciais, a imprensa escrita diária ainda consegue ser pior, nem o fim de publicações como o 24 Horas abriram os olhos aos jornalistas e editores, como consumidor de informação quero ser informado e não conduzido como atualmente nos tentam fazer, e muito provavelmente estão a conseguir, basta ver as audiências do telejornal da TVI, muita gente está a ser conduzida ou seja não forma a sua opinião com base em factos mas sim em opiniões de outros que são enaltecidos e têm lugares de destaque na nossa comunicação social.

O que me levou a escrever sobre este tema hoje foi um artigo da Manuela Moura Guedes publicada no Correio da Manhã, em que a “jornalista” (note-se as aspas) esclarece o facto de não ter nada contra o José Sócrates mas no entanto previu e alertou nos seus “telejornais” para a situação em que o país se encontra, qualificando também a atual política como criminosa, não discordo que a “jornalista” exponha as suas opiniões em artigos de opinião em jornais com a conotação que o Correio da Manhã tem.

O que gerou a minha indignação foi somente o facto de depois de tudo que a referida “jornalista” fez na televisão, ainda ter o descaramento de admitir publicamente, com o texto que publicou, a cor do seu jornalismo e que não relatava factos na apresentação do telejornal, as 2 horas do jornal que apresentava eram recheadas de opiniões pessoais, previsões e enaltecimento de ódios pessoais.

Embora não dê qualquer valor aos comentadores, que está na moda colocar no fim dos telejornais, creio que essa será a forma correta de dar a voz a alguém para comentar as noticias, sabemos de antemão que é a opinião pessoal de alguém que com certeza tem as suas convicções politicas ou qualquer outro tipo de convicções que torneiam a opinião que vão apresentar. Creio que papel do Pivot seja apenas relatar de forma imparcial e objectiva as noticias que de fato são noticias.

Para corroborar a minha opinião basta ver a mesma noticia em 2 telejornais e avaliar as diferenças ou também ver o destaque dado a cada noticia a avaliar a sua conotação no contexto e na cor do media que a publica.

Artigo do Correio da manhã http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/opiniao/manuela-moura-guedes/eu-vi-o-poceirao

Aconselho a leitura dos comentários! creio que não sou o único a ter esta opinião!!

Selecção de Browser no Windows

E ai está o ecrã de selecção do Browser do Windows para a comunidade europeia

http://www.browserchoice.eu/

Pessoalmente discordo terem obrigado a Microsoft a fazer isto, imaginemos que era uma marca de carros a ter uma posição dominante no mercado, poderia a Comunidade Europeia obrigar essa marca a deixar o cliente seleccionar a marca dos travões?? Só porque existem mais marcas de travões, e a marca predominante usa os seus???

Outra analogia á estupidez desta imposição seria obrigar o MacDonald”™s deixar o cliente escolher entre Coca Cola ou Pepsi, uma vez que a Pepsi se pode sentir lesada porque alguém que detem uma fatia grande do mercado não comercializa os seus produtos? Decerto os donos da Pepsi não tem amigos e ou familiares na Comissão Europeia, pois se tivessem ou se “untassem” os bolsos certos teriamos uma lei parecida.

Para esta imposição ter um minimo de justiça deveriam obrigar os clientes da Apple e de Linux a seleccionar o Browser!!!

Ou será que isto é só uma forma de justificar as multas que a Microsoft paga, por vender um produto que por sinal, tem 90% de mercado??

Em que outro segmento de mercado é que já se viu algo semelhante? Isto é um exemplo, para qualquer empresa que crie um produto e tenha sorte de ganhar relevancia no mercado, tenha medo e não se crie bons produtos, para não estar sujeito a multas e regras puramente estupidas??

Não estou a defender a Microsoft, mas se conseguiu ganhar uma posição dominante de mercado, vamos tira-la só porque sim??

RIP: Mário Gamito

RIP Mario Gamito
RIP Mário Gamito

Quando a noticia caiu na mailing list do PlanetGeek ninguém quis acreditar, muitos nunca o conheceram pessoalmente, mas anos a fio de mensagens através de vários meios, criam uma ligação que talvez não tenhamos com pessoas que conhecemos pessoalmente, talvez a partilha de interesses, talvez o espirito critico, talvez a convicção com que defendia as suas ideias, talvez.., talvez…

Um amigo que nunca cumprimentei…

Até sempre Mário…