Comparação Velocidade de Servidores DNS, qual o mais rápido?

Nos últimos tempos tenho assistido a muitas discussões sobre DNS, cada um tem a sua opinião quanto ao melhor serviço, de forma a dissipar as minhas duvidas resolvi fazer um teste simples para me dar uma ideia de qual o melhor serviço de resolução de nomes. Testei os seguintes servidores DNS:

OpenDNS (208.67.222.222)

Google DNS (8.8.8.8)

Sapo (194.65.5.2)

Telepac (194.65.14.27)

PT-Prime(62.48.131.10)

Zon Tv-Cabo (212.113.161.226)

O teste consiste num query simples pelo nome de alguns domínios, os domínios escolhidos foram os seguintes :

antoniocampos.net (Domínio pouco conhecido, quase de certeza que não existe em cache!)

microsoft.com (Domínio Popular* com muitos pedidos!!)

digg.com (Domínio Popular* com muitos pedidos!!)

fccn.pt (Domínio português com servidores DNS portugueses)

* 2 domínios nas mesmas condições para demonstrar que não é apenas a resposta do servidor DNS a quem efectuamos o pedidos de resolução que influencia o resultado.

Servidor DNS antoniocampos.net microsoft.com digg.com fccn.pt
OpenDns 417 50 51 15
Google DNS 62 54 61 129
Sapo 253 13 17 TimeOut
Telepac 13 18 13 101
Pt-prime 22 14 13 24
Zon 15 15 14 19

O resultado é expresso em mili-segundos medidos entre o pedido e a recepção da resposta.

A tabela é elucidativa, e confirma o que sempre defendi. Os servidores do OpenDNS e do Google ate podem ser rápidos, mas nós distantes fisicamente, mesmo que respondam muito rapidamente aos pedidos de resolução, o tempo que o nosso pedido demora a atravessar o Oceano e voltar também influi no tempo de resposta. O que sempre aconselhei é a utilização dos servidores DNS do ISP, uma vez que é uma ligação mais próxima e optimizada.

A forma como os próprios domínios estão configurados podem influenciar na velocidade do pedido, quando um domínio tem um TTL muito baixo os servidores de DNS tem que fazer queries mais frequentes o que leva a uma demora maior.

A popularidade do domínio também conta, uma vez que existe mais possibilidades de o mesmo já estar na cache do servidor DNS e aquando do nosso pedido o servidor já ter a resposta pronta e não tem que interrogar outros servidores, enquanto esperamos. Um teste simples para perceber isto é fazer 2 vezes o mesmo pedido e comparar a diferença de tempo de resposta entre o primeiro e o segundo.

Além destes muitos outros factores podem influir no tempo de resposta do Servidor DNS, tentar enumera-los seria um trabalho longo complexo e sempre incompleto.

Se quiserem fazer um teste idêntico a este, existe um comando em linux que é o Dig que permite obter o tempo de resposta de um servidor DNS para um determinado domínio a sintaxe é “dig @SERVIDORDNS DOMINIO” por exemplo dig @8.8.8.8 antoniocampos.net (pedir ao Google DNS o ip do domínio antoniocampos.net) o resultado será algo do género:

; <<>> DiG 9.10.3-P4-Debian <<>> @8.8.8.8 antoniocampos.net
; (1 server found)
;; global options: +cmd
;; Got answer:
;; ->>HEADER<<- opcode: QUERY, status: NOERROR, id: 50108
;; flags: qr rd ra ad; QUERY: 1, ANSWER: 2, AUTHORITY: 0, ADDITIONAL: 1

;; OPT PSEUDOSECTION:
; EDNS: version: 0, flags:; udp: 512
;; QUESTION SECTION:
;antoniocampos.net. IN A

;; ANSWER SECTION:
antoniocampos.net. 299 IN A 104.28.16.20
antoniocampos.net. 299 IN A 104.28.17.20

;; Query time: 13 msec
;; SERVER: 8.8.8.8#53(8.8.8.8)
;; MSG SIZE rcvd: 78

Já agora o teste foi efectuado com uma ligação à internet da Telepac. Se quiserem partilhar os resultados com os mesmos servidores para os mesmos domínios mas através de outros ISP será interessante para comparar.

3 pensamentos em “Comparação Velocidade de Servidores DNS, qual o mais rápido?”

  1. Sendo assim o melhor é não mexer???
    Ficar com os que o ISP nos atribuiu…

  2. Fiz o teste a partir do meu ISP, que é dos poucos restantes em Portugal a não depender da PT e familia proxima, e a única conclusão a que chego, além da óbvia que é a base deste post, é ser o DNS da sapo um dos piores ao cimo da terra. 4 time outs em 4 queries. 😉

    No entanto vou continuar com um OpensDNS configurado como secundário, sendo o primário obviamente o do meu ISP, no meu router pois a razão para ele ali estar nunca foi a velocidade mas sim a diversificação.

    E continuo convencido, até forte argumento em contrario, que tenho mais probabilidades de conseguir resolver um determinado endereço com esta configuração do que se ficar limitado apenas a uma fonte. 🙂

    Fiz uma tabela com o resultado do teste, para enviar, mas como não vi nenhum email disponivel e desconfio bastante da legibilidade do tabela se a colocar em bruto aqui nos comentários, fica em arquivo por uns dias para o caso de lhe interessar recebe-la. E para tanto basta fazer-me chegar um qualquer meio de contacto.

  3. Fiz o teste a partir do meu ISP, que é dos poucos restantes em Portugal a não depender da PT e familia proxima, e a única conclusão a que chego, além da óbvia que é a base deste post, é ser o DNS da sapo um dos piores ao cimo da terra. 4 time outs em 4 queries. 😉

    No entanto vou continuar com um OpensDNS configurado como secundário, sendo o primário obviamente o do meu ISP, no meu router pois a razão para ele ali estar nunca foi a velocidade mas sim a diversificação.

    E continuo convencido, até forte argumento em contrario, que tenho mais probabilidades de conseguir resolver um determinado endereço com esta configuração do que se ficar limitado apenas a uma fonte. 🙂

    Fiz uma tabela com o resultado do teste, para enviar, mas como não vi nenhum email disponivel e desconfio bastante da legibilidade do tabela se a colocar em bruto aqui nos comentários, fica em arquivo por uns dias para o caso de lhe interessar recebe-la. E para tanto basta fazer-me chegar um qualquer meio de contacto.

Os comentários estão fechados.